Revista Portuguesa de Terapêutica Integrada

 

Casus

Um Caso Clínico de ansiedade

Rodrigo Farinha

Dezembro de 2015

Doente do sexo feminino, 43 anos de idade, natural de Évora e residente em Coimbra, casada, com um filho que frequenta o 7º ano de escolaridade.

Completou a escolaridade mínima obrigatória e trabalha num escritório de advogacia exercendo as funções de secretariado da direção.

Apresenta-se com os olhos baixos, tendo dificuldade em fixar o olhar no entrevistador. Apresenta-se tensa, com as mãos sobre o colo a segurar um conjunto de documentos que pretende apresentar e discutir com o clínico. Em alguns momentos apresenta-se chorosa, tentando controlar este impulso. Não sorri.

Refere que nas últimas semanas não tem conseguido corresponder às expetativas que a sua equipa deposita em si. Pensa que não consegue continuar a trabalhar. Mas não é o trabalho que a preocupa em primeiro lugar, mas sim o facto de a mãe ter sido diagnosticada recentemente com neoplasia de mama; o filho ter tido dificuldades e apresentado resultados negativos nas avaliações finais do primeiro período.

Está neste momento preocupada: ao auto-exame mamário detectou uma tumefação na mama direita que a preocupa.

Habitualmente realiza caminhadas e corridas no final do dia, depois de sair do escritório. Mas nas últimas semanas diz que não tem conseguido nem sequer caminhar... falta-lhe o tempo para organizar a logística doméstica e parece que o trabalho se está a acumular.

Refere ter muita preocupação com os hábitos dietéticos: preocupa-se em equilibrar os grupos alimentares, bem como o aporte energético. Incute o mesmo tipo de hábitos nos restantes familiares.


Questões:

  1. 1.   Explique como continuava a história clínica e porque motivos. 

1.A. Que outros aspetos considera fundamentais na colheita da história clínica?

1.B. Que exames complementares de diagnóstico serão fundamentais solicitar?


2.    Indique como faria um programa terapêutico para as seguintes pontos:

2.A. Alimentação. 

2.B. Treino físico e mental.

2.C. Punctura seca.

2.D. Terapêutica química convencional.

Cite este artigo: Farinha, R; Um Caso Clínico de ansiedade; Revista Portuguesa de Terapêutica Integrada. Dezembro 2015.

ISSN edição digital 2183-4970

Recebido em: 11 de Agosto de 2015

Aceite para publicação em: 01 de Dezembro de 2015